Bem-Estar

Cinco curiosidades sobre as varizes

Publicidade

Elas são mais comuns do que imaginamos. Visíveis nas coxas, pernas e até nos pés, as varizes podem causar prurido (coceira), dor, inchaço, sensação de peso, queimação na região afetada. De acordo com o diretor médico e cirurgião vascular da Clínica Megamed, Dr. Luis Ricardo Salles, a hereditariedade é um dos principais fatores que explica o aparecimento da doença.

Porém, é preciso ressaltar que existem diversos tipos de varizes e entre as mais comuns estão as ‘dilatadas e tortuosas’ (veias denominadas tecnicamente como varizes), ‘aparentes e com tonalidades azuladas ou esverdeadas’ (veias consideradas como microvarizes) e ‘fininhas’ (com diâmetro menor que 1mm são chamadas de telangectasias, vasinhos).

Não há idade mínima ou máxima. Entretanto, as mulheres estão mais propensas a sofrer com varizes, uma vez que as alterações hormonais relacionadas ao ciclo menstrual e a gravidez são responsáveis pelo surgimento de tais alterações. Pessoas classificadas como sedentárias, ex-fumantes, obesas e em tratamento de reposição hormonal estão propensos a sofrer com as varizes.

Veja abaixo as dicas do cirurgião vascular Dr. Luis Ricardo Salles sobre varizes:

1 – Caminhar para manter a circulação sanguínea ativa, usar meias elásticas, manter o peso corporal e evitar ficar parado por muito tempo em pé, sem movimentação, ajudam a evitar as varizes!

2 – Vasinhos podem ser tratadas a base de injeções de medicamentos (escleroterapia) e a base de laser.

3 – Cruzar as pernas não causa varizes. Vestir uma calça jeans apertada também não, porém não é recomendável que se utilize todos os dias.

4- Pessoas que sofrem com intestino preso têm mais chance de ter varizes, em especial as mulheres.

5 – Treinar pesado na musculação pode ocasionar em varizes. Para evitar seria necessário mesclar treinos aeróbios com os pesos da musculação.

Fonte: Rojas Comunicação

Gostou Compartilhe
Publicidade