Alimentação

Como engordar de maneira saudável?

Assim como os problemas de matemática, os nutricionistas recebem diariamente em seus consultórios pacientes com diversos objetivos, sendo que a cada dez pacientes nove desejam emagrecer. Entretanto, há aquela pequena parcela que quer ‘engordar’, mas de maneira saudável, já que a palavra é sinônimo de adquirir gordura.

De acordo com a nutricionista da Clínica Megamed, Laís Folha, os pacientes que tem esse objetivo precisam investir em alimentos certos, praticar atividades físicas e dormir cerca de 7 a 8 horas por dia. “Com as adaptações é possível ter resultados positivos com dois meses de ‘dieta’”, afirma a especialista. Nesta categoria, incluem-se idosos, pessoas com hipertiroidismo, diabetes tipo 1 recém diagnosticado e pessoas em tratamento oncológico.

O ganho de peso saudável deverá ser estritamente orientado por um nutricionista, uma vez que a alimentação deverá conter a quantidade suficiente de calorias adequada ao gasto energético. “A recomendação necessária é manter a alimentação equilibrada, evitando pular refeições e ficar em jejum”, ressalta a nutricionista.

O que atrapalha?

Alimentos ricos em açúcar, sódio e gordura trans (refrigerante, sucos, bolos, pães, molhos prontos etc) devem ser eliminados do cardápio, pois além de não serem saudáveis, dificultam o ganho de músculos.

Outro vilão pouco conhecido é a mastigação inadequada! Sim, engolir a comida de forma rápida pode atrapalhar todo o processo. Mastigue uma porção pequena, por cerca de 10 a 12 vezes (ou até que fique bem macio o alimento) e repouse os talheres na mesa enquanto mastiga.

O que comer?

Quem desejar engordar com saúde precisa lembrar que os nutrientes dos alimentos ingeridos são combustíveis para que o corpo construa novas células, ou seja, alimente-se a cada 2 ou 3 horas, realizando entre 6 ou 7 refeições por dia e mantenha a ingestão de calorias conforme o planejamento alimentar determinado pelo nutricionista.

A ingestão de proteínas normalmente deve estar levemente aumentada com as proteínas corretas consumidas no horário adequado. Além das refeições principais, este nutriente deve estar presente no momento pós treino e/ou na última refeição antes de dormir, uma vez que hormônios liberados nesses momentos estimulam o crescimento de músculos. Entre as proteínas saudáveis estão ovos, leguminosas, tofu, soja, peixes, carne bovina magra, frango , leites e derivados com baixo teor de gordura etc)

Inclua no cardápio frutas no intervalo entre as refeições, e em todo o cardápio prefira cereais e tubérculos que ofereçam carboidratos Integrais (mandioca, arroz integral, quinoa, amaranto, aveia, milho, pães integrais, batata doce etc), além das gorduras do bem como azeite de oliva, castanhas e sementes, por exemplo.

O uso de suplementos alimentares podem ser indicados dependendo da necessidade individual de ganho de massa muscular e da demanda de calorias e proteínas do cardápio adequado aos objetivos do cliente, portanto deverão ser utilizados apenas com o consentimento do profissional capacitado.

Fonte: Rojas Comunicação

Gostou Compartilhe